quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Como conseguem ser tão diferentes

Sempre que falamos (pelo menos eu) com alguma futura mãe que me pede recomendação de algum produto ou da melhor maneira de lidar com uma situação nova eu digo o que resultou comigo mas, faço questão que ela entenda bem que cada bebe é um bebe e o que funcionou comigo e com o meu bebe pode não funcionar com ela.
Nada me dá mais razão neste sentido do que os meus filhos. Não podiam ser mais diferentes em quase tudo até à data.
Digo sempre que o Tomás nos preparou mal para o "furacão" Camila. Lol
O Tomás foi um bebé fantástico! Aos dois meses já dormia noites completas. Aos 3 passou para o quarto dele e nem uma noite se queixou. Entretia-se sozinho e dava perfeitamente para eu fazer as minhas tarefas de casa. Não era nada resmungão e fazia poucas birras (pelo menos até aos 2 anos). Adorava (e adora) comer sopa e o segundo prato foi o mais problemático.
Já a Miss Camila... tanto dorme uma semana ou duas sem acordar de noite como passa uma semana a acordar todas as noites. Já está no quarto dela e a adaptação foi muito demorada. Em casa comigo nunca me largava a perna, era difícil fazer qualquer coisa com ela sempre atrás. Tem uma personalidade já bastante forte e quando é contrariada... Meu Deus!!  Sempre comeu bem, mas agora estamos numa fase que sopa nem ver!! Adora de paixão o segundo prato e se não controlarmos come e come sem parar mas sopa... nem pensar!
Aqui estão pequenas coisas em que são tão diferentes e quanto mais cresce a Camila mais vejo essas diferenças.
Por isso mamãs é bom ouvir opiniões e informações... mas cada bebe é um bebe e nem nos irmãos é igual quanto mais sem ser!  :)

1 comentário:

  1. Por aqui foi ao contrario, tivemos um primeiro bebe terrível. Para depois acharmos que ter gémeos não dá assim tanto trabalho. Trabalho e cansaço verdadeiro deu sem duvida o T.

    ResponderEliminar