sábado, 10 de junho de 2017

Fico danada...

... quando em conversa com um grupo de pessoas ADULTAS (???) e COM FILHOS eu digo que estou desejosa por ir de férias e o quanto estou desejosa por elas e me respondem porque raio quero eu férias se estou de férias todos os dias em casa com a bebe.
O meu vulcão interior fervilha pela ignorância sobre o assunto. Acabo por não explodir porque na realidade não fazem mesmo mínima ideia do difícil que é ser mãe e dona de casa a tempo inteiro.
Só vos digo... nunca me imaginei a ser dona de casa e mãe a tempo inteiro e está ser o maior desafio da minha vida. (E olhem que fui militar do Exército durante 6 anos).

3 comentários:

  1. Eu considero que o ser mãe a tempo inteiro é visto como algo bem diferente do que é na realidade. É ridículo isso.
    Pessoalmente, fiquei de licença de maternidade durante 2 meses e meio apenas e as minhas colegas de trabalho (nenhuma tem filhos) acharam que eu estava de férias só que em versão mais prolongada.
    Mas vindo esse tipo de comentários que falaste no teu post de pessoas com filhos, acho que soa ainda mais ridículo.

    ResponderEliminar
  2. Tu sabes, eu fiquei com o V até aos 17 meses. Acho que foi importante para ele estar esse tempo com a mãe, com a família.
    Tal como tu, o tempo em que fui mãe a tempo inteiro e dona de casa foi o mais intenso. Por vezes não era fácil dar atenção ao bebé quando tinha de enviar cvs, preparar-me para provas e orientar a casa.
    Precisava de tempo (e silêncio) para mim e sair. O meu marido diz, eu só queria passear e sair de casa. Pudera, estava cansada daquelas paredes!
    Não dês importância ao que os outros dizem. Não passaram por isso, ou têm memória curta...
    É uma fase, tu sabes. Em breve vais ter novos desafios e ocupações. Quando olhares para a tua menina linda, vais ficar feliz por lhe ter dedicado o teu tempo. Força!!

    ResponderEliminar
  3. Como é que alguém com filhos ainda pensa assim? Eu ouvi muitas barbaridades desse tipo, fiquei 8 meses de licença de maternidade e ouvi muitas "bocas" de férias, e era coisinha para me irritar muito, mas na maioria das vezes era tudo de gente sem filhos e por isso era fácil argumentar e não rebentar! :P

    ResponderEliminar