quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Fúria Divina

Agora com tempo em casa e com este tempo da tanga que tem estado, tenho aproveitado para fazer uma coisa que gosto muito e tinha deixado de fazer com assiduidade... Ler.
Cá em casa, tanto eu como o namorido, temos um autor que nos faz devorar livros "José Rodrigues dos Santos". Os dois adoramos os livros dele e ultimamente tem sido um atrás do outro.
Aliás, a personagem principal dos livros deste senhor (Tomás Noronha)  fez-nos levar ao nome que vamos dás ao nosso filho. :)
Neste momento o namorido está a ler o mais recente "A mão do diabo"  e eu acabei de ler a "Fúria divina".
Tal e qual como os outros, é um livro com uma linguagem muiiiito acessivel, consegue "agarrar" bem à leitura e com um tema bastante interessante - al-qaeda e os seus atentados terroristas.
Se calhar, não é dos meus favoritos... mas gostei bastante de o ler. Deixo-vos a sinopse:

"Uma mensagem secreta da Al-Qaeda faz soar as campainhas de alarme em Washington. Seduzido por uma bela operacional da CIA, o historiador e criptanalista português Tomás Noronha é confrontado em Veneza com uma estranha cifra: 6AYHAS1HA8RU.
Ahmed é um menino egípcio a quem o mullah Saad ensina na mesquita o carácter pacífico e indulgente do islão. Mas nas aulas da madrassa aparece um novo professor com um islão diferente, agressivo e intolerante. O mullah e o novo professor digladiam-se por Ahmed e o menino irá fazer uma escolha que nos transporta ao maior pesadelo do nosso tempo.
Baseando-se em informações verídicas, José Rodrigues dos Santos confirma-se nesta obra surpreendente como o mestre dos grandes temas contemporâneos. Mais do que um empolgante romance, Fúria Divina é um impressionante guia que nos orienta pelo labirinto do mundo e nos revela os tempos em que vivemos.

Este romance foi revisto por um dos primeiros operacionais da Al-Qaeda."

Sem comentários:

Enviar um comentário